Covid-19
Endereço Rua 7 de Setembro, 499 - Centro - Paiçandu - Paraná - Centro
Telefone 44 | 3125-1100
Acessibilidade Cadeira

Paiçandu na luta contra o Aedes

Quarta-feira, 13 de abril de 2016

Última Modificação: 18/04/2016 16:29:01 | Visualizada 905 vezes


Ouvir matéria

Na segunda-feira (12/04) a Secretaria Estadual de Saúde divulgou que Paiçandu está entre as cidades com epidemia de dengue no Paraná. Até o dia nove de abril a Secretaria de Saúde do município registrou 189 casos confirmados na cidade. Desde o início do ano algumas mobilizações da Secretaria de Saúde juntamente com a Secretaria de Serviços Públicos têm sido realizadas para a conscientização da população de acabar com os possíveis locais de criadouro do mosquito Aedes Aegypti.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS) é epidemia quando um local registra 300 casos a cada 100 mil habitantes, sendo assim quando o 117º caso de 2016 foi registrado em Paiçandu o município entrou na lista de cidades com epidemia. Até o dia nove de abril 748 suspeitos foram registrados, 189 se confirmaram 242 foram negativos e 317 suspeitas estão aguardando o resultado do exame.

No final de dezembro de 2015, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) registrou uma vacina contra o vírus da dengue a Dengvaxia®. O registro permite que a vacina seja utilizada no combate à dengue, mas não protege contra os vírus Chikungunya e Zika. Ela ainda não foi liberada para comercialização.

A princípio, a melhor maneira de evitar a proliferação do mosquito, que é o agente causador da doença é não permitir o acumulo de água. Sendo assim os quintais devem ser mantidos limpos, os recipientes que contem água para animais de estimação também devem ser higienizados de maneira que não exista chance do mosquito botar os ovos, entre outros cuidados que anualmente são expostos a população.

Mas se os casos estão aumentando e mais uma vez a cidade está passando por uma epidemia, talvez a conscientização e a ação não esteja acontecendo. O poder público e a comunidade precisam trabalhar juntos, pois o reflexo da doença pode trazer causas negativas para todos. Vamos lutar contra a dengue, pois ela mata!  

Fonte: Assessora de Imprensa - Estagiária de Comunicação Gedmila Alves

 Galeria de Fotos

 Veja Também