Covid-19
Endereço Rua 7 de Setembro, 499 - Centro - Paiçandu - Paraná - Centro
Telefone 44 | 3125-1100
Acessibilidade Cadeira

Secretaria de Meio Ambiente intensifica a fiscalização

Terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Última Modificação: 26/02/2016 16:37:41 | Visualizada 981 vezes


Ouvir matéria

Estamos no verão e até o final da estação (20 de março) as pancadas de chuva são rotineiras. E com a chuva, aumenta o crescimento de plantas em terrenos e espaços vazios que podem servir de criadouro para o mosquito Aedes Aegypti.  O município possui muitas denúncias sobre terrenos com mata alta e entulhos, sendo assim a Secretaria Municipal de Meio Ambiente está continuamente fiscalizando os terrenos em todos os bairros para manter a cidade limpa e evitar a proliferação de doenças.

A mobilização para manter a cidade longe de casos de doenças transmitidas através do mosquito Aedes Aegypti está acontecendo em conjunto de vários meios públicos com a população. A Secretaria de Meio Ambiente está atendendo as denúncias feitas por moradores e fazendo a fiscalização dos terrenos, a Secretaria de Saúde através do Departamento de Endemias está fazendo a orientação dos moradores através dos agentes comunitários, e a Secretaria de Serviços Públicos está realizando a limpeza de locais públicos.

Flávia Cristina Nunes é chefe do Departamento de Fiscalização do Meio Ambiente e destaca a importância de manter os terrenos limpos: “Precisamos nos conscientizar e cobrar dos proprietários pra evitar a proliferação de doenças, evitando transtorno dos proprietários e das pessoas que moram próximo ao terreno.’’

O procedimento que a Secretaria de Meio Ambiente segue é: fiscalização, notificação, se no prazo de 15 ou 30 dias (prazo dado de acordo com a problematização do lote) não houver a limpeza do local, o proprietário é multado. Após a multa, a secretaria faz a limpeza do local (de acordo com a fila de espera), e o valor da roçada é posteriormente cobrado no carnê do IPTU.

 Grande parte da população compreende a importância da limpeza no local, de acordo com o histórico de atendimento da secretaria, o percentual de limpeza após a notificação é de 80%, mas seria ainda mais relevante não ser necessária a aplicação da multa, pois nesse período que ocorre a fiscalização e o prazo para a limpeza, pode acontecer a reprodução de animais transmissores de doenças, como ratos, escorpiões, mosquitos, entre outros.

Você morador da cidade pode nos ajudar no cuidado com a nossa cidade, mantendo seu quintal e/ou terreno limpo, além de poder denunciar algum ato ilícito como: mato alto em terrenos sem moradia, pessoas jogando lixo em terrenos ou em locais públicos, queimada em terrenos. O telefone disponível é da Secretaria de Meio Ambiente: 3244-9202.

 

 

Fonte: Assessora de Imprensa

 Galeria de Fotos

 Veja Também