Covid-19

COVID-19

Rua 7 de Setembro, 499 - Centro - Paiçandu - Paraná - CEP 87140-000 | 44 | 3244-0400 | gabinete@paicandu.pr.gov.br
Acessibilidade

"Agosto Lilás" "Ato de Enfrentamento a Violência Doméstica e Familiar Contra as Mulheres"

Segunda-feira, 30 de agosto de 2021

Última Modificação: 30/08/2021 17:00:49 | Visualizada 91 vezes


Ouvir matéria

O Conselho Municipal dos Diretos da Mulher(CMDM) realizou no última sábado (28), o Ato de Enfrentamento a Violência Doméstica e Familiar Contra as Mulheres, na Casa de Cultura, contanto com a presença de 20 Mulheres, entre todas as Participantes Fizemos uma Roda de Conversa sobre o tema “Violência Contra as Mulheres”, compondo a Mesa, a Secretaria da Assistência Social Fernanda Cequetti, a Secretaria Municipal da Saúde, Franciele a Vereadora Deise Medeiros, e a Presidenta do Conselho dos Direitos das Mulheres Jaqueline Gomes do Amaral.

 

Contanto também com o Movimento Feminino Paiçandu, coordenado por Gislaine Nascimento, que em seu Depoimento, nos conta que já foi uma mulher em situação de Violência, e que todas as vezes que se depara com uma situação semelhante, procura, dar conselho e indica órgãos responsáveis, para atendimento

 

Durante a realização da Roda de Conversa, que foi Mediado pela Conselheira Rose Chem, falamos da importância de realizarmos este tipo de encontro e falar sobre o assunto abordado; e também sobre a efetivação das PolíticasPúblicas Para as Mulheres.

 

O “Agosto Lilás”é uma campanha de enfrentamento à violência doméstica e familiar contra a mulher, instituída por meio da Lei Estadual  N° 19.972/2019, que foi incluída ao Calendário de Eventos Oficial dos Estado.

 

Durante a Conversa colocamos e citamos a maior referência no Combate a Violência contra a Mulhera Lei n° 11.340 de 07 de Agosto de 2006  a Lei Maria da Penha, que surgiu da necessidade de inibir os casos de violência doméstica no Brasil, que passou por mudanças ao longo destes 15 anos; e que vai desde o atendimento das mulheres em situação de violência, e a tipificação do crime e de descumprimento de medida protetiva

 

E que as Mulheres não estão  Sozinhas, o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, é um órgão de caráter consultivo, deliberativo e fiscalizador, que tem a finalidade de formular diretrizes programas e propostas para a melhoria da vida das mulheres e eliminação de qualquer forma de Violência, que o CMDM, esta aqui para Assegurar-lhes plena participação e igualdade nos planos políticos, econômicos, social, cultural e jurídicos desenvolvidos no município de natureza permanente.

“E que em Briga de Marido e Mulher, nos salvamos a Mulher”

A Presidenta do Conselho da Mulher, Jaqueline Gomes,  falou sobre a busca ativa que o CMDM tem feito sobre os dados, de mulher que estão em Situação de Violência e Segundo a Delegacia de Policia Civil, passou para o conselho, a cerca de 90 mulheres de Janeiro a Abril deste ano fizeram o Boletim de Ocorrência relatando estar em situação de Violência, seja ela a Violência Física, sexual, psicológica, moral, patrimonial ou Violência de Gênero.

O combate a Violência Doméstica e Familiar Contra as Mulheres é um dever de todos, nos, devemos lutarpelos Diretos das Mulheres.

 

 

 

Fonte: Conselho Municipal dos Diretos da Mulher(CMDM)

 Galeria de Fotos

 Veja Também