Facebook

Última Atualização do site:  

23/05/2018 15:03:00

ÚLTIMAS NOTÍCIAS /
Visualizada 184 vezes
Quarta-feira, 07 de fevereiro de 2018
Oficinas colhem sugestões para atualizar Plano Estadual de Resíduos Sólidos
 
Cláudio Galleti
Cláudio Galleti

Colher subsídios e debater temas a serem aproveitados no processo de atualização do Plano Estadual de Resíduos Sólidos. É o objetivo da I Oficina Técnica Regional realizada, no dia seis de fevereiro (nesta terça-feira), no Auditório do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea), em Maringá.

De acordo com o coordenador de Resíduos Sólidos, da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Paraná, Vinício Costa Bruni, a Oficina compreende seis eventos. Antes de Maringá, foram realizados encontros em Ponta Grossa, Guarapuava, Toledo e Londrina. O ciclo vai ser encerrado, no dia oito de fevereiro, em Curitiba.

Especialista em coleta, transporte, tratamento e destinação final de resíduos sólidos, Bruni destaca que o Plano Estadual está em vigor desde 2013, mas contempla apenas a questão dos resíduos sólidos urbanos. Com a atualização, o novo documento vai ampliar a abrangência para os resíduos de saúde, dos serviços públicos de saneamento básico, de transporte, da construção civil, mineração, industriais, agrossilvopastoris, e a logística reversa.

Nas oficinas, está sendo apresentado e debatido o Panorama dos Resíduos Sólidos do Estado; um estudo sobre a gestão, situação, atividades geradoras, locais de destinação final e áreas degradadas por disposição inadequada. A partir do diagnóstico realizado, os participantes dos encontros regionais opinam, corrigem e ratificam as informações levantadas em todo o Paraná.

Após este ciclo inicial, as sugestões serão incorporadas ao Panorama e, uma nova rodada de encontros voltará a percorrer as seis cidades para validar o documento que servirá de base para atualizar o Plano Estadual. “O Plano orienta a formulação de política públicas, no Estado e nos municípios. Mostra onde estamos e para onde vamos”, ressalta Bruni.

O secretário Municipal de Meio Ambiente e Bem-Estar Animal de Maringá (Sema), Ederlei Ribeiro Alkamim, afirma que as oficinas criam um ambiente favorável para a troca de informações e para a integração dos técnicos da área. “O debate provoca o avanço e torna possível encontrar soluções para um assunto complexo”, acrescenta.

Prefeito por duas gestões de Munhoz de Mello e atual secretário de Agricultura e Meio Ambiente do Município, Gilmar José Benkendorf Silva, declara ser importante regionalizar a discussão de um tema que afeta toda a população paranaense. “O intercâmbio de experiências contribui para estabelecermos soluções integradas e consorciadas para os resíduos sólidos”, frisa.

Fonte: Cláudio Galleti

 
 
 Galeria de Fotos
Cláudio Galleti
 
 
 Outras Notícias
VER TODAS
 

Horário de Atendimento: das 8h30 às 17h00

Rua 7 de Setembro, 499

Centro - PAICANDU - Paraná - Cep: 87140-000

Fone: 44 | 3244-0400

Horário de Atendimento: das 8h30 às 17h00

Mapa da Dengue(Beta)