Facebook

Última Atualização do site:  

18/10/2017 08:30:45

ÚLTIMAS NOTÍCIAS /
Visualizada 1139 vezes
Quarta-feira, 26 de Julho de 2017
Justiça Restaurativa propõe novo método de resolver conflitos para agentes educacionais
 
Justiça Restaurativa propõe novo método de resolver conflitos para agentes educacionais

Ontem (25), com o apoio da Prefeitura, os funcionários e professores do Colégio Estadual Vercindes Gerotto dos Reis, receberam a equipe do Núcleo de Justiça Restaurativa da Universidade Estadual de Maringá (UEM).

O objetivo do encontro foi apresentar o curso de “Justiça Restaurativa”, onde com o método do círculo da paz, os orientadores apresentaram uma possibilidade de resolver conflitos escolares e sociais de forma acolhedora e com diálogo.

Andressa Pires Martins Santana, psicóloga do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), falou sobre a importância do projeto: “Os conflitos poderão ser tratados com essa metodologia, serão feitos círculos nas escolas, onde serão tratados os conflitos entre alunos, professores e familiares, criando espaços de diálogos e acordos.”

A psicóloga do projeto justiça restaurativa da UEM, Amanda Lima Nascimento, explica a proposta do encontro: “Queremos melhorar o relacionamento entre as pessoas e devolver para a escola o poder que ela já tem de resolver seus próprios conflitos de uma forma não punitiva, propondo uma cultura de paz.”

A advogada, professora universitária e mediadora de conflitos judiciais e extrajudiciais, Cláudia Aparecida Costa Lopes, comenta sobre a relevância do projeto: “Tem-se um ambiente escolar mais harmônico que é levado para casa do aluno, melhorando a relação com os pais. Entre os docentes, a resolução pacífica de conflitos também é capaz de proporcionar um ambiente de trabalho mais prazeroso e produtivo.”

Bernadete Suely Cavaline dos Santos, agente educacional, falou sobre a experiência do círculo: “Foi ótimo ouvir os colegas de trabalho e falar um pouco do que pensamos até mesmo sobre eles e entre nós, conseguimos falar e escutar o que cada um sentia.” Afirma.

Este método é a aplicação de técnicas restaurativas em diversos setores da comunidade a fim de minimizar as situações conflitivas ou até evita-las.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa- Estagiário Luiz Gabriel

 
 
 Galeria de Fotos
Justiça Restaurativa propõe novo método de resolver conflitos para agentes educacionais Justiça Restaurativa propõe novo método de resolver conflitos para agentes educacionais Justiça Restaurativa propõe novo método de resolver conflitos para agentes educacionais Justiça Restaurativa propõe novo método de resolver conflitos para agentes educacionais Justiça Restaurativa propõe novo método de resolver conflitos para agentes educacionais Justiça Restaurativa propõe novo método de resolver conflitos para agentes educacionais Justiça Restaurativa propõe novo método de resolver conflitos para agentes educacionais Justiça Restaurativa propõe novo método de resolver conflitos para agentes educacionais Justiça Restaurativa propõe novo método de resolver conflitos para agentes educacionais Justiça Restaurativa propõe novo método de resolver conflitos para agentes educacionais
 
 
 Outras Notícias
VER TODAS
 

Horário de Atendimento: das 8h30 às 17h00

Rua 7 de Setembro, 499

Centro - PAICANDU - Paraná - Cep: 87140-000

Fone: 44 | 3244-0400

Horário de Atendimento: das 8h30 às 17h00

Mapa da Dengue(Beta)